#zerodesperdicio

Dicas para reduzir o desperdício alimentar na hora de comprar

Cerca de 53% do desperdício alimentar tem origem nas nossas casas. É importante sensibilizar e mentalizar todos as pessoas para a necessidade de uma mudança de nos nossos hábitos. Todos nós podemos fazer a diferença adquirindo hábitos que vão contribuir para uma melhoria global.

Deixo-te alguns conselhos e dicas que podes seguir, para dares também o teu contributo e combateres o desperdício alimentar na hora de ajudar na compra dos teus alimentos.

  • Planeia as refeições antes de ir às compras. Escreve uma lista de tudo o que vais precisar, assim evitas gastar dinheiro em alimentos desnecessários;
  • Deixa para o fim das compras os alimentos frescos, como iogurtes e congelados, reduzindo as perdas de frio e prolongando a longevidade dos produtos;
  • Tem atenção à dimensão das embalagens, compra quantidades ajustadas às necessidades da tua família;
  • Sempre que estejam disponíveis alimentos embalados em vácuo escolhe esta opção, pois preserva melhor os alimentos e por um maior espaço de tempo;
  • Ao adquirires um produto, lê sempre o rótulo com a indicação da validade para perceber a sua longevidade;
  • Utiliza sacos térmicos sempre que necessário, para garantir a frescura dos alimentos;
  • Após as tuas compras, tenta regressar diretamente a casa evitando que os produtos estejam sujeitos a temperaturas elevadas.

E tu? Em casa costumas seguir estas dicas quando vais às compras? E os teus pais? Se não costumam fazer sigam estas dicas de modo a poupar dinheiro, ajudar o ambiente e contribuir para o combate ao desperdício alimentar.

O Desperdício Alimentar e o impacto no nosso planeta

Os nossos maus hábitos alimentares levam ao agravamento do aquecimento global e é este um dos fenómenos que causa graves problemas no nosso planeta.

As elevadas toneladas de alimentos desperdiçados não só causam grandes perdas de dinheiro aos nossos pais e consumidores, como também graves impactos nos recursos naturais do nosso planeta que são usados para produzir variados alimentos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) diz-nos que só o desperdício de alimentos causa 10% dos gases de efeito estufa e alerta-nos para alterar a nossa dieta de forma a evitar que esta situação se mantenha.

A imagem seguinte representa os alimentos que mais libertam gases para a atmosfera e os que menos libertam, para que, assim, cada vez que deitas comida fora te lembres das consequências que ela terá para o meio ambiente.

Agora que viste o mal que faz o desperdício alimentar ao nosso planeta, antes de deitares comida fora lembra-te que podes reutilizá-la ou usá-la de outra forma em vez de estares a prejudicar-te a ti e aos outros.