Dia da Floresta Autóctone

O Dia da Floresta Autóctone, que se comemora, anualmente, no dia 23 de novembro, foi criado para divulgar a importância económica e ambiental da conservação das florestas naturais e a urgência de as proteger da destruição.

O que é a Floreta Autóctone?

Uma Floresta Autóctone é uma floresta com árvores originárias de uma determinada região. Isto quer dizer que essas árvores não foram introduzidas pelo Homem, apareceram naturalmente durante o desenvolvimento destes ecossistemas. A Floresta Autóctone Portuguesa é formada, por exemplo, por carvalhos, medronheiros, castanheiros, azinheiras, sobreiros, etc.

Qual a importância das espécies autóctones?

  • Estão mais adaptadas às condições do solo e do clima do território, por isso são mais resistentes a pragas, doenças, longos períodos de seca ou de chuva intensa, em comparação com espécies introduzidas;
  • Ajudam a manter a fertilidade do espaço rural, o equilíbrio biológico das paisagens e a diversidade dos recursos genéticos;
  • São importantes lugares de refúgio e reprodução para um grande número de espécies animais, muitas delas também em vias de extinção;
  • As florestas autóctones exercem um importante papel na regulação e melhoria do clima, bem como no sequestro de carbono da atmosfera contribuindo para a redução do efeito estufa;
  • Regulam o ciclo hidrológico e a qualidade da água, formam o solo e servem ainda de matéria-prima a produtos fundamentais na vida quotidiana;
  • São mais resistentes e resilientes aos incêndios florestais.