Notícias

Dia da Floresta Autóctone Assinalado em Boticas

O Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade recebeu, na passada segunda-feira, dia 25 de novembro, uma ação de sensibilização no âmbito do Dia da Floresta Autóctone, que se celebra anualmente a 23 deste mês.

A iniciativa, organizada pelo Município de Boticas, através do Plano Integrado de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE), permitiu sensibilizar os alunos do 6º e 7º anos do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro para a importância da preservação das florestas e das espécies autóctones.

As crianças assistiram a uma pequena palestra sobre as boas práticas florestais desenvolvidas pelo Gabinete Técnico Florestal da autarquia e ficaram a conhecer a missão das equipas de sapadores no que diz respeito à proteção das florestas.

Além da componente teórica, os alunos puderam colocar em prática os conhecimentos adquiridos, mediante a realização de um jogo didático sobre espécies originárias da região e quais as suas funções a nível económico, social e ambiental.

A ação terminou com as crianças a “meteram as mãos na massa” e confecionaram pão de bolota, matéria-prima proveniente das florestas do Concelho. Após a cozedura puderam ainda degustar o resultado final.

Fonte: CM-Boticas

Workshop “Disciplina e Limites: Alternativas aos Gritos e às Birras dos Pais!”

O Salão Nobre dos Paços do Concelho acolheu esta quarta-feira, dia 30 de outubro, duas sessões do workshop “Disciplina e Limites: alternativas aos gritos e às birras dos pais!”, orientado por Sandra Belo, Parent/Life Coach.

A iniciativa, que foi desenvolvida no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE), através do projeto Guerreiros de Sucesso/Equipa Multidisciplinar, teve como público-alvo pais, encarregados de educação e comunidade em geral e como objetivos identificar situações potenciadoras de stress e encontrar métodos alternativos para lidar com essas mesmas situações.

O workshop permitiu, ainda, desenvolver um plano prático sobre ideias e atividades que podem ser realizadas em conjunto por pais e filhos, promovendo uma comunicação positiva dentro do seio familiar e incutir maior disponibilidade para apreciarem os seus sucessos enquanto agentes educativos.

Fonte: CM-Boticas

Encerramento das Atividades “Verão 2019”

Realizou-se esta quinta-feira, dia 29 de agosto, no Pavilhão Multiusos, a festa de encerramento das Atividades “Verão 2019”, programa de ocupação de tempos livres promovido pelo Município de Boticas.

A iniciativa contou com a presença do Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, e da vereadora da Educação, Maria do Céu Fernandes, que entregaram a cada uma das crianças um diploma de participação e um dvd com registos fotográficos das atividades em que participaram.

Fernando Queiroga aproveitou a ocasião para agradecer a participação significativa nas atividades, referindo que “o bem-estar das crianças e jovens do nosso Concelho continua a ser uma das nossas prioridades. O alargamento do programa às crianças do pré-escolar foi de encontro às necessidades demonstradas pelos pais, uma vez que muitos deles tinham dificuldades em conseguir encontrar uma solução para a ocupação dos tempos livres dos filhos durante as férias de verão”.

O autarca destacou ainda que “o executivo camarário está recetivo e atento aos anseios e ao bem-estar geral dos munícipes”.

A festa foi marcada pela realização de um concurso de culinária, designado de “Family Chef – Doce Momento”, onde três dezenas de crianças demonstrarem os seus dotes culinários, através da apresentação de uma sobremesa confecionada em casa com a ajuda dos pais e familiares.

Os doces foram avaliados por um júri que deliberou qual a melhor sobremesa apresentada pelos concorrentes das “Oficinas” e dos “Ateliers”.

O concurso foi dinamizado pelas equipas do Plano Integrado de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) de Boticas e teve como objetivos a partilha de conhecimentos entre gerações e o incentivo à prática de atividades em família.

As Atividades “Verão 2019” contaram com a participação de cerca de centena e meia de crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 3 e os 14 anos, que ocuparam as férias de verão de forma ativa e divertida, mediante a participação em diversas atividades de âmbito cultural, desportivo e lúdico.

Fonte: CM-Boticas