Dia Mundial da atividade física

Assinala-se hoje, 6 de abril, o dia Mundial da Atividade Física.

O  Dia Mundial da Atividade Física é celebrado em mais de 120 países, com o objetivo de difundir a prática desportiva e orientar a população para uma vida mais saudável.

De acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde, é aconselhada a prática de 30 minutos diários de atividade física moderada ou intensa para os adultos e 60 minutos diários para crianças e jovens.

A DGS lembra que a atividade física tem, potencialmente, um papel preventivo na infeção por Covid-19 – por via do reforço do sistema imunitário, entre outros mecanismos -, mas sobretudo é uma atividade essencial ao equilíbrio físico e psicológico, «particularmente fragilizados neste contexto, principalmente nos períodos mais agudos de confinamento social».

De acordo com o documento publicado hoje, a pandemia de Covid-19 veio colocar «desafios ímpares» a vários níveis, nomeadamente no contexto dos determinantes de saúde, mas lembra que, apesar das limitações de circulação e recolhimento obrigatório adotadas, «Portugal definiu a prática de atividade física como uma das exceções às medidas de confinamento, reconhecendo a sua importância para a saúde física e mental neste contexto».

Na nota introdutória do relatório, a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, reconhece que a pandemia veio, também em relação à atividade física, «exacerbar iniquidades sociais», sublinhando que o género, estatuto socioeconómico e a idade «parecem diferenciar as pessoas mais e menos ativas».

A responsável sublinha ainda que a prática de atividade física «parece ter tido um papel “agregador” de outros comportamentos protetores da saúde, com efeito positivo em situação de confinamento social».

Já falámos aqui no blog sobre os benefícios da atividade física. Assim, segue o nosso conselho, e mexe-te…pela tua saúde!

Ateliers e Oficinas de Primavera – “Linguagem e Comunicação”

Sentes que quando falas uma coisa para alguém, essa pessoa entende algo diferente do que aquilo que querias dizer? Pois bem, isso pode ser uma falha na comunicação. Para evitar ou corrigir esta situação, apresentamos-te uma dinâmica para realizares com a tua família, que tem como objetivo ajudar-te a melhorar a habilidade de passar informação de uma maneira mais eficiente.

Convida a tua família para desenhar algo segundo as tuas instruções,  sendo que eles devem estar de costas para ti!

Nota: Não deves dizer que o desenho é uma galinha. Lê as instruções pausadamente e mais do que uma vez.

Instruções para dares à pessoa que fizer o desenho:

  • Faz um círculo no centro da folha, nem muito grande nem muito pequeno.
  • A partir da parte de baixo do círculo, faz 2 retas paralelas verticais, afastadas uma da outra.
  • A partir da parte de cima do lado esquerdo, faz 2 retas paralelas e inclinadas afastadas uma da outra.
  • A partir do centro do círculo, faz 1 ponto, depois desenha 3 retas divergentes (vão para sentidos opostos), abrindo para a direita.
  • Por cima das 2 retas desenhadas na parte de cima do círculo, faz 1 círculo mais pequeno.
  • Do lado direito do círculo (fora), faz 3 retas divergentes (vão para sentidos opostos), abrindo para a direita.
  • Por baixo das 2 retas desenhadas na parte de baixo do círculo, faz, em cada uma delas, 3 mini retas divergentes, abrindo para a esquerda.
  • Faz um pequeno círculo no centro do círculo menor.
  • Faz um triângulo isósceles com a base encostada da parte esquerda do círculo médio.

Regras:

  • Não são permitidas perguntas.
  • As instruções do desenho não podem ser anotadas. Portanto, devem ser executadas à medida que forem sendo referidas.

Será que a tua família vai conseguir desenhar uma galinha sem saberem que é uma galinha? Boa sorte!

Conto de Páscoa – Dona Galinha e os Ovos de Páscoa

Sabias que ler ou ouvir histórias fortalece a mente e o coração? E que as pessoas que leem mais, em geral, costumam ser mais felizes e compreensivas? Sabes qual o motivo?

Isto deve-se a que o contacto com as histórias permite conhecer realidades diferentes e que existem diversas possibilidades para viver, pensar e sentir, o que é fundamental para desenvolver a imaginação e despertar a capacidade de sonhar, inventar ou criar.

A nossa sugestão é que juntes a família e em conjunto deliciem uma boa história. Podes ser tu o leitor ou o ouvinte!

Deixamos-te aqui uma história engraçada, alusiva à Páscoa – “Dona Galinha e o Ovo de Páscoa”. A Dona Galinha encontra um ovo diferente e todo enfeitado. Fica toda entusiasmada para chocá-lo e conhecer a criatura que sairá dele. Então, leva-o para o galinheiro onde ocorre uma grande confusão com as outras aves…Vamos conhecer o desfecho da história? Preparado?