autor piicie

Dia Mundial da Alimentação

Amanhã, 16 de outubro celebra-se o Dia Mundial da Alimentação, o que acontece desde 1981. Esta data é comemorada em mais de 150 países com o intuito de alertar e consciencializar para as questões globais relacionadas com a alimentação e a nutrição.

Ter uma alimentação saudável, colorida e variada promove a saúde, o bom crescimento e desenvolvimento, além de evitar doenças e deficiências nutricionais. E como colocar em prática? Mantém uma rotina de horários, não saltes as refeições e nem as troques por lanches e alimentos processados. Mas a verdade é que introduzir frutas, legumes e verduras na alimentação é necessário e pode ser mais fácil quando a família se dispõe a fazer o mesmo, já que os pais são os verdadeiros exemplos das crianças. É na família que a criança procura o exemplo, a referência, os hábitos e as regras. Portanto cabe aos familiares transmitirem bons hábitos alimentares e de atividade física.

Por isso, não só neste dia, mas em todos os dias vamos sensibilizar as crianças para os desafios alimentares e envolvê-las na construção do futuro que queremos.

Conhece as nossas 5 sugestões para uma alimentação saudável e sustentável, e não te esqueças de valorizar os alimentos e reduzir o desperdício alimentar!

Outubro – Mês da Consciencialização da Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção

No mês em que se assinala a consciencialização da Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA), vamos tentar desmistificar algumas questões. Todos conhecemos alguém com PHDA, mas será que sabemos o que isto significa e que implicações tem no seu dia-a-dia?

A PHDA é possivelmente a perturbação do neurodesenvolvimento mais frequente, sendo caraterizada por um conjunto significativo de alterações comportamentais: desatenção, hiperatividade e/ou impulsividade.  As crianças com PHDA apresentam uma grande dificuldade em inibir e ajustar o comportamento à situação ou tarefa específicas. Em face das alterações comportamentais e neurocognitivas (atenção, funcionamento executivo, memoria de trabalho…), as crianças com esta problemática tendem a apresentar dificuldades de aprendizagem, imaturidade, problemas de ajustamento psicossocial, dificuldades no relacionamento com os pares, dificuldades em cumprir regras e atingir objetivos, entre outros.

Assim, assinalamos este mês, desmistificando alguns mitos associados a esta perturbação.

Dicas para Pais – O Regresso às Aulas

A ida para a escola, traz consigo imensas dúvidas, preocupações e receios, sobretudo para os pais. O importante será os pais conseguirem digerir esses sentimentos mais negativos, e transformar este acontecimento num momento de crescimento feliz e de partilha.

 A maioria das vezes os medos e as inquietações das crianças não são mais do que um reflexo dos medos e receios que os pais demonstram. Assim, a função destes é transformar a ida para a escola num momento de crescimento e de conquistas da criança, numa aventura em que vai aprender tantas coisas e vai viver tantas emoções.